*Mudar é preciso*

Parece que foi ontem que eu estava aqui escrevendo sobre a mudança de escola da Isa, quando chegou a hora de ir para o Fundamental I…

41a0b97e3f0d

Pois é, foi ontem mesmo e agora… já começou a saga do Fundamental II. E todas as dúvidas que me assolaram da outra vez voltaram com força total, porque mudança é sempre mudança.

É muito complicado decidir por manter ou trocar de escola. Será que é melhor? Pior? Será que ela vai gostar? Odiar? Como vai ser a adaptação? Como mudar é sofrido!!

*A festa do ano passado*

Exatamente hoje, 17 de agosto, me dei conta de que não fiz post de aniversário da Isa, que foi no dia 29 de outubro do ano passado.

DSC09471

Relaxo? Preguiça? Pra falar a verdade, acho que é Alzheimer mesmo. Esqueci. Completamente.

Mas antes tarde do que nunca, né? É, né?

Então, a festa de 10 anos da Isa ano passado foi no mesmo dia do aniversário, no Buffet Aline’s . Combinamos com Isadora que essa ia ser a última festa em buffet, e à partir desse ano vamos procurar “alternativas”…

*A última carta*

E a última carta foi entregue ao Papai Noel.

image2

Muita gente me pergunta se Isadora realmente ainda acredita em Papai Noel, se ela não está “velha” para isso…

Bom. Eu acreditei até os 11 anos. De verdade. E os Natais da minha infância foram os melhores possíveis. Meu pai fazia questão de manter a magia da data, e eu agradeço a ele por ter feito isso.

Talvez por eu ter essas lembranças tão boas dos Natais da minha infância, eu SEMPRE fiz questão de comemorar com Isadora com tudo que tinha direito. Já fiz malabarismos pra conseguir que o presente do Papai Noel estivesse no quarto enquanto estávamos todos na sala, e eu acho que valeu a pena cada minuto.

*Carta para Isadora*

Escrevo esta carta chorando.


10 anos

Por que? Porque você faz dez anos hoje. E esses dez anos passaram mais rápido do que eu poderia imaginar.

Porque eu acho que poderia ter feito tantas coisas mais por você, ter tido bem mais paciência, ter me dedicado mais, ter dados mais abraços, menos broncas, e ter sido uma mãe melhor.

Porque seu pai deu embora as roupinhas de quando você era bebê que eu tinha separado para guardar (sim, eu vou falar disso pra sempre), e agora não tenho nenhuma lembrança palpável daquela época (tá, eu ainda tenho os sapatinhos e meinhas, mas mesmo assim).

*O Fim de uma Era*

Ou, o dia em que NÃO CONTEI para Isadora que Papai Noel e Coelho da Páscoa não existem.

Daqui a pouco é Páscoa mas já? e essa proximidade da data foi o que desencadeou minha conversa com Isadora…

Como já cansei de escrever AQUI, eu sempre fui a favor de manter a magia e a fantasia da infância. Sempre fiz questão de tornar a Páscoa e o Natal mágicos (assim como momentos que pediam a intervenção da Fada do Dente, Fada do Pepê, etc…) para a Isa, porque EU acho que isso faz parte de uma infância feliz.

*My Valentine*

(Para ler ouvindo My Valentine)

Poucas pessoas podem afirmar com certeza o dia em que engravidaram. Eu sou uma delas.

Há 10 anos atrás, no Hospital das Clínicas da USP em Ribeirão Preto, o médico implantava 2 embriões no meu útero. Um deles era a Isadora.

Foram segundos mágicos e especiais, quando pude ver aquele monte de bolinhas no ultrasson, e saber que eles eram os meus bebês…

E já se vão DEZ anos desde aquele momento! DEZ anos desde aquele Valentine’s Day, em que Isadora entrou na minha barriga e nas nossas vidas.