*Rapidinhas (ou nem tanto)*

Eu juro que queria vir postar antes…. mas parece que alguém apertou o botão FF (aquele de avançar o DVD) na minha vida…. eu faço alguma coisa e logo depois olho no relógio, e já se passaram 2, 3 horas! Como pode?

Bom, mas aqui estou eu, finalmente. Resumo do plantão médico: minha mãe foi internada na semana antes da Páscoa porque tava tomando anticoagulante e sabe-se lá porque, ela é extremamente sensível ao remédio. Imaginem que a senhorinha que tava no quarto com ela toma 1 comprimido e meio por dia. Minha mãe toma meio a cada dois dias. E teve uma baita hemorragia. Os braços cheios de equimoses (nome científico do que a gente chama de hematoma), feridinhas na pele e sangue na urina.

*Pick me*

Lembra do Pick me da Isadora? Entããão, demorou, mas a Carla Coelho finalmente me mandou o vídeo (a Isa é a “menininha”, só pra não ter dúvida….kkkk):

É bobinho mas é lindo né?=]

*Rapidinhas*

E a vida vai, aos poucos, voltando ao normal por aqui….

Finalmente, com 6 anos de atraso, consegui fazer minha primeira aula de tribal (mistureba de dança do ventre com flamenco e dança indiana) com a Shaide!!!

A foto (porque eu só lembrei de tirar no final, memória de peixe, lembra?) eu ainda não baixei da máquina, depois edito…;)

Audrey e Gamis, senti tantaaaa falta de vocês….=[

Ando scrapeando bastante… em janeiro e fevereiro fui publicada pela Bella Scraps e acho que me empolguei…. um dos últimos, já entrando em ritmo de Páscoa, amo essa foto da Bia com a Isa:

*Se sujar faz bem*

Antes de mais nada, minha mãe teve alta ontem! Yay!!! Agora é só continuar tomando uns medicamentos (principalmente o anticoagulante), fazer exame de sangue toda semana para controlar e seguindo com a vida…

Mas eu queria falar sobre sujeira, já faz um tempinho…. Sabe o slogan do Omo? E a mania que as crianças tem de chafurdar na sujeira? Então… é sobre isso que quero falar um pouco

*A volta dos que não foram – parte XXVI*

Credo, quanta poeira! Mas não abandonei o blog por vontade própria. Bem que eu queria. Ter ido na sexta para a chácara e voltado só ontem…

Mas não. Passamos o carnaval aqui mesmo. Que deprimente. E fica pior, passamos o feriado entre idas e vindas ao hospital. Pois é. Minha mãe foi internada de novo. Estava com muita arritmia, com picos de quase 150bpm, e o médico achou melhor ela ficar em observação. E lá foi ela, em pleno sábado de carnaval de mala e cuia pro hospital.