*Balanço Geral*

Essa é aquela época do ano em que fazemos o “balanço” do ano que termina e promessas para o ano que se aproxima.

Pois é. Ano passado eu fiz isso. Até uma página eu fiz com as minhas “metas” pra 2011, mas esse ano não vou fazer nada disso não.

2011 não foi o melhor ano da minha vida, mas também não foi o pior. Aliás, acho que sempre tenho essa sensação ao término de um ano: perdas e ganhos.

*Caixinha de Surpresas – Dezembro*

Então, como expliquei no outro post, agora, todo mês eu venho falar da GlossyBox, até eu enjoar, ou desistir.

Primeiro quando abri a do mês passado, fiquei meio decepcionada, mas daí usei os produtos e voltei a me empolgar, até editei o post, fazendo um mea culpa.

Daí na sexta chegou a caixa de dezembro, e fiquei deslumbrada!

Veio um Deep Clean Sabonete Facil com Grapefruit da Neutrogena, Super City Block Oil Free Face Protector FPS 40 – Clinique, Leite Corporal Verbena e Creme de Mãos Rosas, ambos da L’Occitane.

*Isadorices*

Isadora pegou a câmera no domingo e tirou 175 fotos. Algumas bem interessantes, dignas de fotógrafo de fim de semana (como eu).

This SimpleViewer gallery requires Macromedia Flash. Please open this post in your browser or get Macromedia Flash here.
This is a WPSimpleViewerGallery

Várias são “Isadora por Isadora”, outras de brinquedos, e outras de coisas de casa, que ela viu e gostou.

Mas afinal, são Isadorices.

*Espírito Natalino*


(foto by Isadora)

Chegou aquela época do ano em que todo mundo enfeita a casa com luzinhas, monta a árvore de Natal, compra presentes e fala que está contagiado pelo espírito natalino.

Então. Eu não sinto isso. Não mais. Quando eu era criança, era a época do ano que eu mais esperava, não só por causa do presente, das luzes e dos enfeites, mas por causa do tal do espírito natalino mesmo.

É difícil explicar, mas o ar mudava, as coisas, as pessoas mudavam para melhor perto do Natal. Todo mundo se importava mais, ajudava mais… Ou assim eu enxergava.

*Mágica*

(ou o dia em que consegui fazer massinha com as minhas próprias mões esquerdas)

Tudo começou com a Soraya postando um link de uma massinha no Twitter. Postei no Facebook, e logo a Patricia e a Mítia também comentaram que sempre fazem, que é ótima, que fica igual Play-Doh…

E eu, curiosa que sou, me armei de coragem e no sábado passado coloquei (literalmente) a mão na massa, e enfrentei esse grande desafio.

O resultado:

Por mais incrível que possa parecer (sério, até eu me surpreendi que consegui acertar e logo de primeira), funcionou direitinho, ficou perfeita.

A receita mágica: